Como publicar um livro

Como publicar um livro

Se você é um amante da literatura, passa horas e horas devorando livros, viajando em mundos imaginários que somente a leitura pode nos proporcionar, certamente já imaginou como seria escrever um livro. O grande sonho de muitos jovens – e também diversos adultos – é de se tornar escritor e, um dia, publicar seu próprio livro. Mas você já parou alguma vez para pensar como isso funciona? Então vamos conhecer um pouco desse árduo processo de como publicar um livro.

Cenário cultural

A primeira coisa a se destacar é que, infelizmente, a leitura não é um hábito de grande parte da população brasileira. Não temos o costume de, logo cedo, recebermos incentivos de iniciar no fantástico mundo da literatura. Seja por nossos pais ou pelos nossos governantes e educadores – que no máximo nos empurravam goela abaixo a obrigação de ler livros que não queríamos, pois ia cair na prova etc.

Com isso, acabamos tendo poucos leitores, logo, poucos escritores.

Editora x Independente

O escritor iniciante, na maioria das vezes, tem apenas uma ferramenta: a inspiração para escrever. Na maior parte dos casos não faz ideia de como publicar um livro. Tem pouco – ou nenhum- conhecimento de diagramação, não sabe como fazer ilustrações para capa, muitas vezes até mesmo tem dificuldades com o português. É nesse momento que vão procurar uma editora para publicarem suas ideias. Só que aí que a coisa começa a ficar complicada.

Não é barato publicar um livro. Há muitos custos com profissionais como diagramadores, capistas, ilustradores, revisores, entre outros. Sem contar que há gastos com registro da obra, ISBN, impressão, divulgação, brindes etc. Então, quando o escritor iniciante procura uma editora e manda seu original (o livro pronto), em 90% dos casos recebem de volta um orçamento bem salgado, chegando facilmente a quatro, cinco mil reais dependendo dos casos.

É compreensível que as editoras cobrem, afinal, elas vão ter custos e precisam lucrar também. Mas acontece que um escritor iniciante muito provavelmente não vai ter grana pra conseguir bancar isso. Claro que existem editoras que não cobram nada para publicar novos autores, como a Cia das Letras, Rocco, Record etc, mas elas são extremamente disputadas, sendo assim muito difícil conseguir publicar um livro por elas.

Então a alternativa é publicar de forma independente, ou seja, o próprio autor escreve o livro, faz a diagramação, a revisão, a capa, o registro de direitos autorais, procura gráficas para fazer a impressão dos livros, divulga o material, faz as vendas, as entregas… ufa! É muita coisa!

Cadê os leitores?

Meu livro está impresso e prontinho pra vender. Mas, para vender, é necessário ter compradores. Ter leitores. E ai é outro grande desafio. Como já mencionado, o brasileiro tem pouco costume de ler. Que dizer então ler um escritor desconhecido? Aqui começa a batalha árdua do novo escritor procurando leitores, que começam sempre com os amigos, familiares, pessoas mais próximas. Postagens e mais postagens em redes sociais, grupos de leitura. Aos poucos vão ganhando espaço e, quem sabe, passam a ser conhecidos, conquistando assim seu próprio grupo de leitores.

Conseguimos!

Agora que já sabemos como publicar um livro. Que foram vencidos os desafios da pouca importância que se dá ao livro no Brasil. Da dificuldade de achar uma editora. Do trabalho de publicar independente e, da busca por leitores, enfim chegamos ao nosso santo graal: o livro publicado!

Daqui pra frente é colher os frutos da vitória e seguir adiante. Porque a batalha nunca termina. Precisamos de novos leitores!

1 comment

Nossa, adorei o post. Muito legal saber esse processo e inclusive os desafios que as pessoas vão ter para publicar um livro. 👏

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *